GovernançaPlano 1

As conquistas com os superávits: proporcionalidade e remuneração especial (2)

O diretor eleito de Administração da Previ, Márcio de Souza, prossegue nesse vídeo a história da conquista de mais dois benefícios para os associados do Plano 1 a partir de 2006, em razão dos sucessivos superávits dos investimentos obtidos graças à boa governança: os benefícios especiais de proporcionalidade e de remuneração.

Com entrada em vigor em 2007, o Benefício Especial de Proporcionalidade representou ganhos para os que se aposentaram a partir de dezembro de 1997 (inclusive os que vão se aposentar) e que tinham menos de 30 anos de filiação ao Plano1, a partir da mudança no cálculo da concessão do benefício. A Parcela Previ, que era usada no cálculo de forma cheia, passou também a ser considerada proporcionalmente ao tempo de filiação.

Já o Benefício Especial de Remuneração consistiu em aumentar a base do salário de participação (que é o salário considerado para o cálculo do benefício) de 75% para 90% da remuneração. Essa diferença de 15% no salário de participação foi incorporada no benefício de todos os associados que se aposentaram a partir de dezembro de 1997.

“São mais dois exemplos de benefícios provenientes dos superávits e que foram incorporados no patrimônio de cada trabalhador associado do Plano 1 que se aposentou desde então e dos 10 mil que estão na ativa e que ainda vão se aposentar. É uma conquista para toda a vida”, lembra Márcio.

Como resultado da distribuição dos superávits, os associados do Plano 1 embolsaram mais de R$ 25 bilhões em benefícios e suspensão de contribuições. 

Confira no vídeo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + sete =